Bom, já começo esta dialética dizendo que sou totalmente contra esta política!

Razões:

Acho uma humilhação para a população negra deste pais, pois, estão subestimando a inteligência dos mesmos, criando essas porcentagens, cotas, para entrar em uma universidade.

Todos nós independente de cor, temos os mesmos níveis de inteligência, é só saber aproveitá-la.

Bom, quem é a favor deve estar achando horrendo isso, porém, entramos na discussão maior que é:

A desigualdade social!

Que o negro é desfavorecido, que a maior parte não tem acesso à escola, que não tem os mesmos direitos, etc… etc… etc…

Em um aspecto eu concordo, que infelizmente ainda há preconceito, porém, diminuiu consideravelmente.

Agora, dizer que não tem acesso à escola pública e etc… já é demais.

Cotas? Isto sim é um ato de discriminação do negro com o negro com o branco.

Atualmente, acredito que os problemas estão acontecendo é devido a desigualdade social, onde a população mais desfavorecida (independente de raça, cor ou credo) não tem acesso ao ensino público de QUALIDADE!!!

Quando as escolas fundamentais e estaduais estiverem nível adequado para preparar um jovem, aí sim as Universidades serão igualitárias!

O que adianta entrar em uma Universidade “facilmente” e depois “patinar” porque não tem uma preparação apropriada durante sua vida colegial?

Deixo aberto para discussões, embora eu tenha mais o que discutir…

Anúncios