Logo que fui para a aula, perguntei que dia era hoje, e veio a resposta: 11 de setembro. Confesso que fiquei um pouco “espantado” pois logo veio em minha mente as imagens do dia 11 de setembro de 2001. Há 6 anos atrás, eu estava com 13 anos de idade, na 8ª série. Lembro-me perfeitamente deste dia, onde logo que chego em casa e ligo a TV, me deparo com o choque de um avião em um prédio. A princípio pensei que fosse uma colisão acidental como aconteceu a pouco com o da TAM, mas com o desenrolar das informações fiquei abismado com tamanha crueldade do acontecido.

A sensação foi tão estranha, pois liguei a TV no exato momento em que o 2º avião chocou-se contra o World Trade Center.

Na época, eu já estava com a internet e comecei a vasculhar assuntos pelos diversos sites de notícias a fim de entender o que realmente estava acontecendo e o por que. Tanto me interessei que a professora de Geografia pediu um trabalho sobre o atentado e entreguei-o com mais de 30 páginas.

Enfim, no meu ponto-de-vista, é claro que este atentado foi algo estúpido. As milhares de pessoas que foram mortas, não tinham nada que ver com o governo norte-americano. Mas, a resposta dos EUA foi também muito precipitada e totalmente vingativa.

Vasculharam o Afeganistão em busca do Osama Bin Laden, líder da Al-Qaeda (criado pelos EUA). E o que vemos até hoje? vários vídeos mostrando que ele está vivo e depois de 6 anos, o EUA admite que não sabe onde ele está. Pergunto: Adiantou alguma coisa?

 

 

Logo após este acontecimento, a vingança dos EUA não se limitou somente a Osama Bin Laden, mas também, criou a tal “Guerra contra o Terrorismo” que resultou na invasão do Iraque, destruindo o país, até a “tomada” do poder do Iraque.

 

Estupidez do governo norte-americano, onde dizia que existiam armas químicas, que nunca foram encontradas, e alguns meses atrás a morte de Sadam Hussein.

Tenho como minha concepção que este ataque ao Iraque e a morte de Saddam Hussein é meramente uma vingança familiar.

O pai do George W. Bush, quando estava na presidência, também teve vários problemas com Sadam. E a morte por enforcamento no Iraque, com certeza foi a mando do Tio Sam, digo, Bush.

O oriente médio sempre teve um “Q” com os EUA e vice-versa. Vários são os motivos e causas, porém ambos estão errados.

Bom, fugi um pouco do foco principal que é 11 de setembro de 2001, atentado às torres gêmes do World Trade Center. Mas, quero só mostrar que este acontecimento, sabe-se que não foi o primeiro e tomara que não, mas, pode acontecer de novo. Os EUA com toda sua onipotência pensa que com essa “Guerra contra o Terrorismo” vai resolver os problemas do mundo, mas isto somente para aparecer que os EUA é o “Dono do mundo”.

 

Sem mais, aberto a comentários…

Anúncios